Chapolin Colorado

chapolin-colorado_blog

 

Português:

Eu sei, eu sei! Você achou que eu não existia mais. Confesso que ultimamente está especialmente difícil conciliar a minha atividade artística com as obrigações do dia a dia (estudo e trabalho). Entretanto, depois de um longo período sem postar absolutamente nada, decidi mostras as caras mais uma vez com um trabalho recente cujo resultado me agradou muito.

Coloque num liquidificador um personagem clássico de uma comédia querida e despretensiosa que marcou a minha infância, adicione uma série de referências proveniente de quadrinistas que me influenciaram durante a infância, adolescência e vida “adulta”, e toda a excitação vinda do conteúdo relacionado à ficção científica o qual eu simplesmente adoro consumir; bata bastante e no fim das contas o que você vai ter? Chapolin Colorado! Bem, não o original, mas um re-design que brotou como resultado do funcionamento não convencional da minha mente deturpada (risos). Dou um doce para quem apontar quis são os easter eggs contidos na ilustração.

O desenho original foi rascunhado, arte finalizado e colorizado de maneira totalmente digital. Para o rascunho e a arte final eu utilizei o software MangaStudio 5. Acredito que a possibilidade de trabalhar com camadas é um recurso que ajuda bastante para a evolução do rascunho original até a sua transformação em uma arte sólida, entretanto, depois de um certo período longe do processo de arte finalização digital, acabei encontrando alguma dificuldade. O software disponibiliza excelentes ferramentas e pinceis com ótima sensibilidade à pressão, entretanto, o uso excessivo do zoom e a possibilidade ilimitada de desfazer os traços a qualquer momento me trouxeram problemas de fluidez, uma vez que me permitiram ater-me a detalhes, que, no fim das contas, não precisariam de tanta atenção, caso eu os estivesse trabalhando em uma folha de tamanho a3, por exemplo. Escutei alguns artistas já consolidados afirmando que preferem a arte final tradicional porque nela está contemplada a necessidade de se lidar com o erro e o acerto e isso, no fim das contas, acaba deixando o resultado final mais orgânico. Não sei explicar ao certo o que ocorre, pode ser apenas saudosismo, mas tenho tido esse impulso de voltar ao papel Canson, à tinta nakim e ao pincel de arte final. Vamos ver no que vai dar.

De resto, espero que gostem da minha tardia, mas sincera homenagem ao gênio Roberto Gómez Bolaños, falecido em novembro de 2014, mas, definitivamente, não esquecido. Que o seu legado continue reverberando na mente e nos corações das gerações que estão por vir.

Curta a Fan Page:

www.facebook.com/requadrofanpage

English:

I know, I now! You thought I didn’t exist anymore. I confess that it’s been hard to conciliate my artistic activity with my everyday responsibilities (study and work), especially lately. However, after a very long period in which I posted absolutely nothing, I decided to show you a piece of art I did which I pretty much enjoyed the final result.

Put inside a blender a very dear and classical comedy character which marked my youth, add a bunch of comic book artists references and all the excitement that comes from the SiFi content I Just Love to consume; mix it all very well and what you get? Chapolin Colorado! Well, not the original, but a redesign that sprouted from my non convencional and disturbed mindset (laughs). I’ll give a candy to anyone who point the easter eggs I included in the illustration.

The original sketch has been drafted, inked and colorized throughout the digital process. For the roughs and the final inks I used a software called Manga Studio 5. I believe that the possibility of using layers is a great resource that helps me to bring up a solid pencil art. However, after a relative long period away from the digital inking process, I ended up having some trouble with it. The software provides great pencil tools with good pressure sensitivity, but the excessive use of the zoon tool and the limitless possibility of undoing my lines anytime I want ended up breaking my workflow, once it allowed me to attent to tiny details which wouldn’t require that much of attention after all if I was working on a tradicional a3 piece of paper. I’ve heard some very experienced artists telling me that they prefere the tradicional inking process because it allows them to deal with the possibility of making mistakes, and it is an important condition that influences on the final result and helps the art look more organic.I don’t know how to explain what happens for sure, it may be Just nostaugia, but I’ve been compelled to come back to the good and old Canson paper, the nankin ink and the pencil. Let’s see what will come out from it.

All things considered, I hope you like my delayed, but very sincere tribute to the gemius Roberto Gómez Bolaños, deceased in november 2014, but, definetly, never forgotten. I wish his legacy continues to reverberate in the minds and heards of the generations to come.

Like the Fan Page:

www.facebook.com/requadrofanpage

Anúncios

Escada para o inferno/Stairway to hell

Escada para o inferno- stairway to hell

 

Português:

Layout a lápis (modo de dizer, pois a arte em questão foi elaborada digitalmente no programa Manga Studio 5) de uma das páginas da minha HQ autoral em andamento. Confira na fan page (www.facebook.com/requadrofanpage) o passo a passo da criação da personagem em destaque na imagem. Se curtiu, cuta a fan page e compartilhe o post. Toda ajuda é bem vinda.

Siga-me no Twitter:

https://twitter.com/Viniciusdsgn

English:

One of my on going comic book pages design in pencil stage (not actually pencil, because it was completely digitally developed with Manga Studio 5). Access the fan page (www.facebook.com/requadrofanpage) and check out the making of the caracter highlighted at the concept above. Don’t forget to subscribe the fanpage and share the post if you like it. Your help is welcome.

Follow me on  Twitter:

https://twitter.com/Viniciusdsgn

 

Objetos pessoais/Personal objects

Objetos pessoais/Personal object

Português:

Olá, caros desconhecidos da internet! Continuo dando andamento no meu projeto de HQ, apesar dos raros post. Entretanto essa atualização é apenas uma desculpa para avisar aos frequentadores do blog de que realizei o cancelamento do domínio “www.requadro.com”, portanto,  de agora em diante, vocês dever utilizar  https://viniciusdsgn.wordpress.com  para acessar o conteúdo. Continuem conectados, sempre que possível trarei novidades.

English?

Hi, dear unkown internet users! I keep on moving with my comic book project, besides the rare posts updates. However, this update is just an excuse to warn you that I cancelled the domain “www.requadro.com”, and, for that matter, from now on, you should access  https://viniciusdsgn.wordpress.com  to take a look at the content I produce. Keep on conected. I’ll keep you posted as much as I can.

Quadrinhos v.s. Cinema/Comics v.s. Movies

Wolverine imortal

Português:

Pegando carona na estreia do segundo filme do mutante mais marrento do universo Marvel, resolvi fazer uma ilustração que colocasse lado a lado a versão dos quadrinhos com a versão dos cinemas. Foi divertido, porque não costumo desenhar com muita frequência personagens musculoso/super heróis.  No fim das contas foi uma boa desculpa. Agora é com você: quero saber qual das versões do carcaju com garras de adamantium você prefere? Quadrinhos ou cinema? Deixe um comentário, diga o que achou da ilustração e do filme.

Curta a minha fan page no Facebook:

http://www.facebook.com/requadrofanpage

Siga-me no Twitter:

https://twitter.com/Viniciusdsgn

English:

The toughest mutant in the history of Marvel universe is back in the movies, and, of course, I decide to go with the flow this time. In fact everybody just talk about this at internet. I decided to make an illustration which places side by side both versions of the hero, the one from the comics and the one from the movies. It was pretty fun, because I’m not used to draw muscular characters/super heroes very frequently. In the end it was a good excuse to come up with one. Know, I wanna know about you: which one you like the most? Comics or movies? Leave a comment, let me know what you think  about the illustration and the movie.

Like my fan page at Facebook:

http://www.facebook.com/requadrofanpage

Follow me on  Twitter:

https://twitter.com/Viniciusdsgn

Três pontos de fuga/Three vanishing points.

Honda Civic 2013

Português:

Pronto! Aí está a primeira página de hq em que arte finalizei utilizando exclusivamente o software MangaStudio 5. Repare que o prédio do painel principal utiliza três pontos de fuga em sua perspectiva. Isso a principio seria uma dificuldade caso a arte final fosse feita através do Photoshop, mas não foi empecilho através desse programa.  Graças os sistema de réguas de perspectiva que me permite adicionar um, dois ou três pontos de fuga, configurá-los segundo minhas necessidades e depois utilizar o pincel normamente sem a preocupação de traçar fora da perspectiva e sem a perda do controle de pressão do traço.  Se o trabalho tivesse sido feito através do Photoshop, eu teria que utilizar o pincel fazendo uso da tecla “shift” para criar traços retos e não teria controle sobre a pressão dos mesmos. Fique feliz com o resultado final. Mais um ponto para o software.

Curta a minha fan page no Facebook:

http://www.facebook.com/requadrofanpage

Siga-me no Twitter:

https://twitter.com/Viniciusdsgn

English:

It’s done. Here is the first comics page inked using exclusively MangaStudio 5. Notice that the building placed at the main panel was created by using perspective with three vanishing points, which would be difficult to accomplish in case I’ve decided to use Photoshop for the task instead. Anyway it showed no complication after all, thanks’ MangaStudio 5. It has a special perspective rulers system which allows me to add layers with one, two or three vanishing points, to set then according to my needs and, once it’s done, I can use the pen tool regardless the fear of stoking out of the perspective point or having looses of weight control on the strokes.  If I’d picked Photoshop for this job instead, I’d have to use the brush tool by holding “shift key” to create long straight strokes and I’d have no control on its weight. Score to MangaStudio. I’m happy with the final result of the job.

Like my fan page at Facebook:

http://www.facebook.com/requadrofanpage

Follow me on  Twitter:

https://twitter.com/Viniciusdsgn

Do lápis, pela tinta à cor / From Pencil, through links to color.

Joker step by step

Português:

Então vamos falar um pouco sobre os bastidores da criação da ilustração acima. Como a imagem mesmo diz, o conceito original foi feito a lápis e, em seguida “escaneado” e arte finalizado digitalmente. Para a arte finalização, a princípio eu utilizei o Photoshop, mas depois de alguns dias, acabei refazendo o trabalho através de outro software (recentemente conheci um ótimo programa chamado Manga Studio 5, pelo qual acabei meu apaixonando. Se você é quadrinista e procura por um programa mais específico do que o Photoshop para confeccionar os layouts das suas histórias, você definitivamente deve dar uma chance a ele. Trata-se de um programa especialmente desenvolvido para o ofício e possui ferramentas e funcionalidades direcionadas para o desenvolvimento de HQ’s.  Assista o vídeo de apresentação do software aqui e tire as suas próprias conclusões). Refeita a arte final (e vale ressaltar que além de me agradar visualmente, também há ganho na qualidade do traço para a impressão, uma vez que há apenas a presença de pixels 100% pretos – diferente da arte finalização através do photoshop que acaba por inserir pixels acinzentados nas extremidades do traço – com o Manga Studido você não tem que se preocupar em fazer ajustes que muitas vezes eliminam ou comprometem detalhes da arte e desvirtuam o conceito original), retornei ao Photoshop para inserir as camadas de cor, chegando assim, ao resultado final que você confere aqui.

English:

English:

So, let’s talk a little bit about the making of the illustration above. As the image itself says, the original concept was created entirely by hand through pencil. Once it was done, I scanned the original piece and digitally inked it. For the digital inks I used Photoshop as usual, but after a couple of days I ended up by redoing it through another software (I recently had a first contact with a great software called Manga Studio 5 which I ended up falling in love with. If you are a comics artist and you are looking for a much more specific tool than Photoshop for developing the lay outs of your comic book, you definitely should give it a try. It is specially developed for comic making which means it has a lot of tools and functions driven to enhance the steps of making comic books. Watch the presentation video and get your own conclusion about it). After remaking the inks (and it is worthy to highlight the fact that it didn’t just pleased me visually, but also I had a great quality enhancement for printing stage, because there is just 100% black being used at the inking process – different from Photoshop which unwittingly adds some grayish noise pixels at the bottle of the strokes most of the time – through Manga Studio you don’t have to worry about fixing your art work and facing up looses of details and misrepresenting  the original concept), I returned to Photoshop and started inserting the color layers. The final result is right above

Joker and Batman

Joker and Batman

Português:

Meu tributo à película que finalmente faz justiça ao universo do homem morcego nas telonas. Eu pretendia inicialmente fazer apenas uma ilustração solta do Coringa de Heath Ledger e não tinha pretensão de arte finalizar ou colorizar. Fiz o desenho original a lápis e depois decidi arte finalizá-lo digitalmente. Algum tempo depois, retornei a ele para inserir cor e quando terminei o trabalho senti que faltava alguma coisa. Então decidi inserir o cavaleiro das trevas ao fundo para deixar a composição mais completa.

English:

This is my tribute to the movie that finally made justice to Batman’s universe at the big screen. I initially just intended to create a simple Heath Ledger’s Joker Illustration, and I had no intention of inking or colorizing it. I created the original pencil piece and after that I decided to ink it digitally. After a while I returned to the piece and decided to put color on it. As soon as I finished it I felt something was missing and decided to insert the dark knight at the background.  I figured the composition would be more interesting this way.

 


Siga-me no Twitter

Anúncios